Bons negócios apenas podem ser feitos com boas pessoas



Desde 2012, quando iniciei a minha carreira como empreendedor, me deparo com questões relacionadas a sociedades, mercado financeiro, investimentos e parcerias. É curioso esse tema, e por mais que esse canal dedicamos exclusivamente a finanças e investimentos, esse artigo pode servir para empreendedores também.

Esse pensamento, que utilizo como base do meu artigo, nasce de um pensamento de um dos maiores investidores de todos os tempos, se não o maior, Warren Buffett, onde ele ressalta o seguinte “Nunca espere fazer bons negócios, com pessoas ruins”, e pensando nessa frase e principalmente na pessoa que a diz, eu sempre fico atento, pois basicamente o seu autor é tido como o maior investidor de todos os tempos por muitos pelos seus resultados mas principalmente pela forma que ele toca seus negócios.

Bem, não é incomum quando temos que avaliar um negócio que pontos como Plano de Negócios, lucro, avaliação do setor, projeções de crescimento, percentuais de todos os tipos sejam avaliados, e claro que são de suma importância, pois não adianta alocar seu capital em algo que não tenha futuro, tanto na bolsa de valores como em negócios fora dela.

Porém, inúmeras vezes vi pessoas investindo seu capital em negócios promissores, que tinham altas chances de voar bem alto, mas que acabaram por não deslanchar, ou pior acabaram não só gerando prejuízos financeiros, como problemas gigantescos. E por isso volto ao tema desse artigo, onde ressalto o primeiro fator a ser avaliado quando falamos de um negócio.

Pessoas! Sempre as pessoas!

A primeira coisa a se avaliar é a competência, caráter e ética de uma pessoa que você pretende ter um negócio, ou investir nela. Pessoas movem pessoas, pessoas movem projetos, pessoas movem oportunidades, sempre as pessoas fazem com que as coisas caminhem da melhor forma, e por isso esse ponto deve ser de extrema atenção para que você decida investir em algo.

E quando falo sobre isso, não digo apenas em projetos menores, pois mesmo em estruturas gigantescas como empresas listadas na bolsa de valores, saber e conhecer quem são os gestores de cada negócio é importante, vide por exemplo o que muitos gestores de fundos de investimentos fazem.

Sim. Se você procurar conhecer o modo de operação de renomados gestores de fundos de investimentos no mundo todo, além de conhecer os números de uma empresa, eles fazem questão de visitar as corporações a fim de conhecer quem são as pessoas que irão conduzir uma determinada marca pelos próximos anos, pois muitas vezes, decisões, ou falta de ética e caráter de um determinado sócio pode trazer prejuízos gigantescos. E casos assim não são fictícios, e dentre eles podemos listar Eike Batista, dono e criador da OGX, que virou pó na bolsa de valores.

Então, esse artigo, assim como muitos que escrevemos para o portal do Economia Sem Mito serve como um alerta para que você possa sempre cuidar do seu dinheiro da melhor forma, pois literalmente dinheiro não dá em árvore, e por isso você tem que cuidar muito bem de seu capital.

12 visualizações

Criado por Stardust Agência.