O Efeito que Quase Todo Mundo Ignora - A Paciência Pode te Deixar Milionário


Um poder subestimado

Assim como pequenas nascentes formam rios gigantescos, fortunas também podem ser alcançadas por aqueles que realizam bons investimentos e possuem paciência. Por conta da “mágica” do efeito dos juros sobre juros, uma pequena variação na taxa de retorno de seus investimentos faz enorme diferença no resultado obtido.

O conceito dos juros compostos não é algo muito difícil de se compreender, mas o seu cálculo é um pouco mais problemático – por envolver uma função exponencial.

Normalmente, as pessoas fazem o cálculo em dois passos: primeiro calculam o valor do capital no período, usando uma função linear, e depois ajustam esse valor para levar em consideração o efeito dos juros sobre o que foi acumulado como retorno no período.

Por exemplo, para determinar o valor de futuro de um investimento de 100.000 reais rendendo 10 por cento ao ano, pelo prazo de 10 anos, primeiro fazem a apreciação do capital linearmente e sem os juros compostos, chegando em 200.000 reais, e depois adicionam algum prêmio para levar em consideração o efeito dos juros sobre juros.

Esse prêmio estimado costuma ser muito pequeno quando a taxa de retorno é alta ou o prazo é longo. Nesse exemplo, o valor acumulado ao final do período é de 259.374 reais.

A subestimação do poder dos juros compostos no longo prazo muitas vezes leva os investidores iniciantes a postergarem a sua procura por investimentos mais rentáveis.

Com plena consciência das diferenças que pequenas variações no retorno anual fazem no patrimônio final acumulado no longo prazo, os investidores certamente buscariam maneiras de investir melhor o mais rápido possível.

Mantendo essa taxa de retorno ao longo dos anos, o tempo necessário para chegar em 200.000 reais é de cerca de 8 anos. Depois disso, são necessários menos de 4 anos adicionais para se alcançar os 300.000 reais, menos de 3 anos extras para chegar aos 400.000 reais e, em 17 anos, a marca de 500.000 reais já foi superada.



Fortuna na bolsa



Estendendo o horizonte de investimentos, o poder de multiplicação patrimonial dos juros compostos é ainda maior. Utilizando a rentabilidade de 10 por cento do exemplo anterior, em 25 anos, a marca de 1 milhão de reais seria alcançada!

Mas veja como uma pequena variação no retorno faz uma enorme diferença, obtendo um rendimento apenas 1 ponto percentual superior, ou seja, de 11 por cento ao ano, o patrimônio acumulado ao final de uma década é de 1,3 milhão.

Se o retorno for de 12 por cento, o patrimônio será de 1,7 milhão e, com apenas 3 pontos percentuais a mais no retorno anual obtido no período, o valor final do investimento mais do que dobra e alcança 2,1 milhões de reais.

Olhando para o canto inferior direito da tabela, é possível entender como patrimônios bilionários foram alcançados na bolsa por investidores com grande disciplina e paciência, como Warren Buffett ou Luiz Barsi.

Essa tabela desconsidera completamente qualquer aporte adicional em relação aos 100.000 reais inicialmente investidos. Mesmo assim, demonstra que dedicar uma vida aos investimentos torna possível construir enormes fortunas na bolsa.

Em um país com taxas de juros baixas, investir somente na renda fixa não é suficiente para quem quer multiplicar seu patrimônio e alcançar a liberdade financeira.

Por isso, o número de investidores em ações tem crescido de maneira acelerada nos últimos anos, mas investir em ações não é como investir em renda fixa, em que a taxa de retorno é determinada previamente.

Investir em ações tem um potencial de retorno muito maior, mas envolve riscos completamente diferentes, já que, ao investir em ações, estamos investindo em empresas que podem prosperar ou encontrar a ruína em seu futuro.

Dessa forma, buscar a adequada orientação é essencial, não apenas para que você alcance seus objetivos financeiros, mas também para que você não cometa os principais erros dos investidores iniciantes.

O fato é que se você está pensando em começar a investir em ações não deve perder tempo, afinal, a tabela acima deixa bem claro que, quanto mais cedo você começar, mais tranquila será a sua aposentadoria.


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo