Planejamento: Porque as pessoas erram tanto?



Uma frase que sempre ficou na nossa cabeça é de um grande pensador chamado John Beckley: “A maioria das pessoas não planeja fracassar, fracassa por não planejar”.


Quando analisamos essa frase com atenção, vemos o quanto não nos planejamos bem quando o assunto são finanças, e nesse artigo a nossa ideia é passar alternativas e ferramentas que você possa se planejar melhor.


Antes de pensar em planejamento, a pergunta que devemos fazer é: Quais os objetivos que você tem?


Para isso aconselhamos que você desenhe uma lista de objetivos, separando a mesma com alguns campos como:


Campo 1: Qual o objetivo?


Campo 2: A realização desse objetivo é curto (até 1 ano), médio (de 1 a 3 anos) ou longo prazo (mais do que 3 anos)?


Campo 3: No seu atual cenário financeiro, esse sonho é viável? Sim ou não.

Após definir a sua lista de objetivos, vamos começar a desenhar as suas metas, e para isso utilizaremos para cada objetivo o técnica S.M.A.R.T.E.R conforme explicação abaixo:


S: Specific. Especifica.


As metas devem ser especificas e claras. Você tem que saber quem está envolvido no processo de conquista, o que preciso fazer ou realizar.


Ex.: Quero comprar um apartamento, em moema, com 2 dormitórios, que custa R$ 520.000,00. Irei dar uma entrada com metade desse valor (R$ 260.000), os outros 25% (R$ 130.000) utilizarei o meu FGTS e o restante financiarei (R$ 130.000).


M: Measurable. Mensurável.

Metas devem ser quantificáveis. Estabeleça critérios completos para medir o seu progresso em direção a sua meta. Responda perguntas como: Como irei saber que a meta foi alcançada?


Ex.: Para concluir essa meta irei economizar não apenas 10% do meu salário, mas 25%. Como hoje tenho um salário de R$ 10.000, passarei a ter R$ 2.500 reservados para essa meta todos os meses, onde aplicarei em títulos públicos.


A: Attainable. Atingivel.


Você tem que mensurar sempre se a meta é atingível, não apenas por ela, mas sim pelos fatores externos, ou seja, o cumprimento dessa meta afeta outra? Quais habilidades você precisará ter?


Ex.: Nos últimos 6 meses fiz diversos planos de ação sobre as minhas despesas, onde consegui controla-las de forma mais adequada, e com isso conseguirei economizar sem grandes problemas os 25% necessários para a aquisição do meu objetivo. Além disso, precisarei ter mais paciência do que tenho hoje em relação ao dinheiro, entendendo que no inicio o meu objetivo estará longe, mas se mantiver o meu planejamento, a cada mês ele estará mais próximo.


R: Realistic. Realista.


Metas realistas representam objetivos que você deseja e também a sua capacidade de chegar lá. Numa meta você precisa saber a sua capacidade de cumpri-la, para isso avalie o passado para saber o seu histórico em relação a essas metas e suas finanças. Você deve acreditar que a sua meta pode realmente ser alcançada.


Ex.: Há 3 anos fiz um planejamento para a aquisição de um apartamento que não se cumpriu, pois logo no inicio gastei as reservas que estava fazendo. Para essa nova meta, fiz um cálculo mais conservador em relação a prazo.


T: Time-Bound. Temporal.


As metas tem que ter um ponto final claro. Insira nas suas metas pontos intermediários para que você possa avaliar o seu progresso.


Ex.: Essa meta tem como prazo 7 anos para cumprimento. Onde ao final do primeiro ano terei um montante de R$ 30.000, segundo ano com R$ 60.000, ... , até que no final do sétimo ano estarei com aproximadamente R$ 260.000, seguindo os parâmetros de economia e investimento definidos.


E: Evaluate. Avaliar.


Além de estabelecer o SMART, é importante monitorar a meta para saber exatamente como está sendo o progresso, e se preciso realizar ajustes para que essa meta seja atingida.


R: Re-do. Refazer.


Se preciso refaça as metas.


Ao falarmos de planejamento financeiro, temos que compreender que são uma série de fatores que farão os nossos objetivos se materializarem, ou seja, além da lista de objetivos devidamente avaliadas e planejadas com o método S.M.A.R.T.E.R, temos que ter um controle em nossas despesas, receitas e investimentos.


Na vida a maioria das pessoas erra ao se planejar pelo simples aspecto de que não tem um plano de ação bem definido, e o principal, não mantêm a disciplina necessária para que as suas metas se realizem.


Uma vida sem focos e objetivos é similar a você entrar num taxi e não dizer para onde quer ir, pois para quem não sabe para onde quer ir, qualquer lugar serve.

35 visualizações

Criado por Stardust Agência.