Porque o seu dinheiro desvaloriza a todo minuto?



Desde a infância ouvimos falar por várias vezes sobre a inflação, principalmente no Brasil, que há anos atrás a inflação apresentava percentuais estratosféricos. Hoje, temos uma inflação que de um modo geral podemos dizer que está controlada, porém muitas pessoas não entendem como a inflação afeta no nosso dinheiro.


Para falarmos melhor dos efeitos da inflação desvalorizando o nosso dinheiro, vamos falar de uma maneira rápida, sobre o que é a inflação?


Inflação é quando ocorre um aumento generalizado nos preços dos bens e serviços, provocando perda do poder aquisitivo da moeda. Isso faz com que o dinheiro valha cada vez menos, sendo necessária uma quantidade cada vez maior para comprar os mesmos produtos ou serviços.


Existem diversas formas de medir a inflação, as mais comuns são 2 índices, o IPCA (Índice de Preços ao consumidor Amplo) e o IGPM (Índice Geral de Preços ao mercado).



Ok! Mas o que isso me afeta exatamente?


O conceito primordial é o seguinte, se o seu dinheiro está parado na sua conta, significa que ele está desvalorizando, ou seja, perdendo poder de compra, ou seja, se você tiver R$ 100,00 hoje em mãos, daqui há 1 mês você não consegue comprar as mesmas coisas com esses mesmos R$ 100,00, pois ele não vale mais a mesma coisa.


Vamos demonstrar o efeito da inflação sobre o seu poder de compra. Para isso, vamos utilizar como base a inflação fechada do ano de 2013, que foi de 5,91% ao ano. Digamos que você tenha R$ 1.000,00 no dia 01 de Janeiro de 2014 e queira medir o seu poder de compra após o efeito da inflação sobre ele em 01 de Dezembro de 2014, supondo que a taxa de inflação seja a mesma. Veja mês a mês:



A tabela ao lado mostra o efeito sobre o seu poder de compra. Ela demonstra que um produto no dia 01/01/2014 poderia ser comprado a $ 1.000, porém esse mesmo produto no dia 01/12/2014 você gastaria R$ 1.009,75 para adquiri-lo. Você viu o impacto da inflação sobre ele? Viu como a inflação faz o nosso poder de compra cair?



E como posso proteger o meu dinheiro da inflação?


Bem, para proteger seu dinheiro da inflação, a primeira coisa é não deixá-lo parado na sua conta, você deve aplicá-lo, em aplicações/investimentos atrelados à inflação, tais como:


  • NTN-B, que remunera um fixo mais a oscilação do IPCA

  • Debêntures e CDBs indexados à inflação

  • Fundos atrelados à inflação


Obs.: Quando falamos de tesouro direto, aconselhamos a fazer um mix em investimentos, tanto em prazos como títulos, alocando parte da carteira em LFTs (esperando alta da SELIC), e NTN-Bs, NTN-Fs e LTNs (esperando a queda da SELIC).

0 visualização

Criado por Stardust Agência.