Um Grande Segredo dos Investidores: Compre Ações Parceladas




Temas sobre ações sempre desperta muitos questionamentos e ao mesmo tempo muito interesse, pois por um lado vejo cada dia mais pessoas querendo ingressar nesse mercado de forma séria, querendo obter resultados num horizonte de longo prazo, mas ao mesmo tempo acompanho especuladores, que tem o sonho de ficarem milionários do dia para a noite.

Bem, o que posso dizer é que nesses mais de 18 anos no mercado financeiro, esses especuladores infelizmente não investem mais, ou porque apanharam muito do mercado, ou porque zeraram seu capital, uma pena pois ganância sempre cobra seu preço, e é alto.

Mas vamos falar de coisas boas e estratégias. E falando nisso, essa estratégia de parcelar aportes na aquisição de uma ação não é algo que inventamos, mas sim uma prática copiada de muitos grandes investidores e fundos, e sempre que pessoas de sucesso e resultado utilizam um determinado caminho, não faz sentido reinventarmos a roda.

O que investidores amadores costumam fazer?

Geralmente um investidor amador, ele tem um valor que decide destinar a compra de ações, e então ele escolhe seu ativo, e no momento que ele acredita que o mesmo está num bom preço, ele aloca todo seu capital nesse ativo, e assim, se o ativo cair, ele amargura perdas, e se o ativo sobe ele se arrepende de não ter colocado mais quando era a oportunidade.

O problema dessa estratégia é que o investidor perde oxigênio e com isso ele torce para que o ativo suba e se valorize, pois ele não tem mais como aportar capital no mesmo.

O que recomendamos?

Independente do mercado estar em alta ou em baixa, recomendamos 2 coisas, sendo que a primeira delas é buscar fundamentos pelos quais uma determinada empresa vale a pena ser comprada, pois no instante que avaliamos a mesma, entendemos que ela pode ser uma boa possibilidade a fim de ter uma excelente valorização. A lógica é a de encontrar empresas que tem um valor presente e futuro alto, frente a um preço barato. E caso queira encontrar essas análises se por ventura você não for um especialista, recomendamos a contratação de relatórios de casas de research, que fazem esse trabalho por você.

Após definir quais ativos pretende comprar, veja seu capital e divida o mesmo, em 5 ou 6 parcelas, ou seja, se você tem R$60 mil, divida por 6, então teremos parcelas de R$10 mil.

E por que isso?

Simples. Pois mesmo que você acredite no ativo, na empresa que irá comprar, recomendamos nunca comprar tudo de uma vez, pois vale a pena você acompanhar o movimento desse papel, acompanhar as dinâmicas da economia, pois por mais promissora que uma empresa possa parecer, existem efeitos que não estão no nosso controle frente ao cenário interno e externo da mesmo, e assim ela nos coloca algumas possibilidades de entrada, e quando você tem um caixa, pois separou seu capital em parcelas, você pode aproveitar melhor para compor um preço médio mais seguro. Pois se o ativo cair, você pode melhorar seu preço de entrada no ativo, o que te protege contra eventuais perdas. E óbvio que se o mesmo subir, você perde um preço médio mais baixo, mas como o seu alvo, devido a análise de valorização de um ativo que foi feita antes deve estar longe do preço ao qual você está pagando, os impactos tendem a ser pequenos no longo prazo.

O nome dessa estratégia é “montar posição” e ela é usada por grandes investidores, empresas, e fundos, assim como no universo de startups, pois dificilmente alguém aloca 100% de capital de uma só vez.

Seria mais ou menos como as etapas de um relacionamento, onde primeiro vem o namoro para se conhecerem e por fim o casamento.

Espero que tenha gostado desse artigo, e como convite para nos conhecer ainda mais e melhor, nos siga nas mídias sociais.

13 visualizações

Criado por Stardust Agência.